quinta-feira, 31 de julho de 2008

24/7



Nao sei se todos estavam lá pelos mesmos motivos pois haviam muitos motivos para estar lá. Essa festa que parece juntar tribos e reunir pessoas queridas e seus desafetos em uma inesperada harmonia, tem razao de ser. Alguns foram pelas palestras, pela oportunidade de aprender tecnicas e discutir teorias. Outros foram pelos amigos, para rever, para conhecer, para cultivar... Tem os que foram para ver e realizar cenas em um ambiente apropriado. E tambem tem os que foram porque sabiam do tamanho e peso do evento e nao podiam ficar de fora.

Eu fui, e irei todos os anos que me for possivel pelo mesmo motivo. Para comemorar uma data e marcar presença como o que sou. Para comemorar e exaltar o Sadomasoquismo da maneira que me cabe. Vou pra mostrar que existimos e somos muitos. E somos sim, normais, apesar de todo Sadomasoquista ser um tanto incomum.

Foi uma festa eufórica de abraços e sorrisos. Tive a chance unica de "palestrar" entre amigos queridos. É verdade que eu carregava em mim algumas ausencias... pessoas que nao puderam estar alí, ou que optaram por nao estar, mas que em mim, estavam.

E em meio a uma cena que assisitia, captei um olhar de menina. Ela observava a cena e a absorvia com paixao. Ela cantava baixinho o nome de Sade nessa musica tao conhecida por nós, que alí estavamos. É nesse olhar que mora o motivo. Nesse olhar que diz "é isso que amo e que quero" se justificou completamente a minha presença nesse evento tao bonito.


=)


"Sade dit moi
Sade donne moi
Sade dit moi qu'est ce que tu vas chercher?
le bien par le mal
la vertu par le vice
Sade dit moi pourquoi l' 'evangile du mal?
quelle est ta religion ou` sont tes fide`les?
Si tu es contre Dieu, tu es contre l'homme.
Sade dit moi pourquoi le sang pour le plaisir?
Le plaisir sans l'amour.
N'y a t'il plus de sentiment dans le culte de l'homme ?
Sade es-tu diabolique ou divin?"

4 comentários:

Pamina disse...

Eu cantei...

Anônimo disse...

É isso mesmo. Temos que ir mostrar quem somos e ser aceitos.

{Deusa}_Kl disse...

Olá minha querida..doce tavi..

Seu post me fez refletir tantas coisas..
Primeiro pq não tinha pensado nesta linha sua..de irmos para um evento de auto afirmação..
Todos sabem que tudo que faço é voltado para os movimentos politicos..

E pela primeira vez na minha vida..participei de algo sem pensar em uma politica afirmativa de nos reunirmos por esse motivo..
É querida.. deusinha aqui..agora quer fazer um movimento..
Afinal nós existimos e somos muitos..



Beijos com saudades do seu colo..rs

rayanah{CSoG} disse...

Eu não fui :(

E só eu sei o quanto foi dificil perder tanta coisa boa...perdi o encontro com pessoas queridas, perdi a oportunidade de conhecer novas pessoas, perdi a palestra do Master e a sua estréia em palestras também mas, tenho a certeza de que, nem toda perda significa um prejuízo.

Conquistei uma paz e tranquilidade que talvez não conseguisse, se não tivesse ficado quietinha no meu canto, nesses dias.

E apesar de tudo, estou tranquila, vc já marcou presença em todos os próximos eventos e sei que não faltarão oportunidades para recuperar tudo que perdi dessa vez.

Beijinhos

rayanah{CSoG}

tavi