segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Dando A Bunda A Tapa

Esses dias fui entrevistada na comunidade BDSM Inicio Dificil.
Eu já previa que passaria por uma ou duas saias justas.... rs. O que eu nao sabia era que dar a bunda a tapa desse jeito, revelando minhas opinioes, mesmo aquelas que nao agradariam a todos, pudesse ser tao gostoso!

Foi libertador. Cada resposta uma nova chance de dizer "Sou humana. Tenho minhas incoerencias, como todo mundo tem. Nao sou nem quero ser exemplo de nada. Quero ser quem eu sou".

Mil obrigadas a todos que dedicaram um pouco de seu tempo fazendo perguntas e me permitindo esses momentos de expressao.

=)

E isso me fez lembrar de umas confissoes que eu um dia escrevi:

- Confesso que já senti solidão. Já dormi abraçando o travesseiro e sonhando com príncipe encantado.

- Confesso que tenho neuroses inconfessáveis. E uma ou duas obsessõesinhas...

- Confesso que já me senti nas nuvens em sessões de SM. E que já me senti também profundamente entediada, na mesma situação.

- Confesso que já fui ao céu assistindo cenas SM, como também já as assisti com o mesmo prazer de quem está sentado na cadeira do dentista.

- Confesso que já quis mandar tudo pro espaço... SM, D/s, amigos, família e bens materiais, e trocar tudo por uma cabana no monte mais solitário.

- Confesso que nunca consegui mandar tudo pro espaço... sem SM não vivo, sem a possibilidade da D/s. me entedio, sem os amigos e a familia, desabo.

- Confesso que acredito ter algum tipo de depressão crônica, algo que justifique um vazio que vem e vai, mas sempre volta, permeando minha felicidade.

- Confesso que me considero absolutamente perceptiva. Mesmo assim, já cometi erros e injustiças ao classificar pessoas.

- Confesso que já questionei o SSC, e que acredito nele apenas até certo ponto.

- Confesso que já olhei para os meus cortes e pensei “dessa vez eu exagerei”, enquanto o sangue escorria...

- Confesso que gosto de meninos e meninas... Que já me senti “uma estranha no ninho” quando minhas amigas se trocavam na minha frente, no banheiro. Que já evitei olhar e que já olhei descaradamente. Que algumas vezes esses olhares terminaram em noites maravilhosas...

- Confesso um certo arrependimento por ter saído com certas pessoas, por ter beijado certas bocas e deitado em certas camas.

- Confesso que tenho sim, um lado sádico. Nao que eu queira causar dor, mas ver um rosto se contraindo ao som de um chicote me leva às nuvens...

E após tantas confissões, eu agora espero que quem for falar mal de mim, fale! Mas dizendo a verdade...

KISS!


10 comentários:

{Deusa}_Kl disse...

Perfeito esse post minha querida!
Me senti assim tb ao ser entrevistada na ID...
Oportunidade única de por para fora todos os fantasmas que algumas pessoas criam com o nosso nome...


Espero também que vc continue assim..simplesmente vc..

Simplesmente
tavi...


Beijos e lambidas..rs

rayanah{CSoG} disse...

Confesso que não me surpreendi com suas confissões e que tudo o que disse, tem a ver com o que vc demonstra ou, pelo menos, com o que eu percebo.

Acho que vc é mais explícita do que imagina viu...rsrs

Beijos

rayanah{CSoG}

tavi disse...

rayanah{CSoG}

O percepçaozinha perigosa! rsrs

Mas... confesso que tenho confissoes inconfessaveis tambem...rs.

rayanah{CSoG} disse...

Que sejam inconfessáveis , mas não imperceptíveis, porque assim vc acabaria com a minha brincadeira...o que seria motivo para um bico enorme.

Master Christian Sword of GOR disse...

Lindo texto tavi

Eu confesso que ja sabia de todas as suas confissoes e de mais algumas.

Eu confesso, porem, que me surpreendi com a sua coragem de ter confessado uma ou duas coisinhas...

Finalmente confesso que algumas de suas confissões só me levaram a te admirar ainda mais.

CSoG

Pagu. disse...

excelente post.:)

Pagu. disse...

obrigada pela visita:)
admiro muito o seu blog
:)

Denise disse...

Levei um tempo ruminando tua entrevista na ID.

Você sempre me lembrou o personagem Jean-Baptiste Grenouille, do livro O Perfume, no final ele capta o amor e o transforma num pequeno vidro de perfume.
E no banco do parque é partido aos bocados e comido por pessoas após derramar sobre ele todo o liquido.

Você Tavi tem algo Antopofágico.

Aqueles que de vc aproxima tem uma necessidade absoluta de te devorar, uma necessidade de possuir um bocado de ti.

Você mexe com algo no intímo das pessoas, desperta amor, proteção, desejo, sexualidade, sensualidade.

Desperta pecados capitais, assim desperta a sensação unica de redenção. Perto de vc nada é pecado é simplesmente NECESSÁRIO.

Estar longe de vc é um imenso vazio, mas ter estado perto de vc é saber como é o paraiso.

Beijos

de quem gosta de vc!

AD_[Denise] de ART DOMINUS

Vampira Olímpia disse...

Tavi,

obrigada pela visita. Tomei a liberdade de adicionar seu blog em meus Reinos Vizinhos.
És bem vinda sempre.

Saudações Vampirescas.

bob disse...

Legal ter dito a última revelação... poderia até ter falado mais.... rs.... a cada dia esta mutando em desenvolvimento, sem deixar de ser quem é!... bj

tavi