quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Sobre A Menina Que Nunca Dorme...


Branca de externalizaçoes. Sutil ao extremo. temerosa, excessivamente respeitosa. Pálida. Silenciosa.

Foi assim que ela entrou na minha vida.

Mas no olhar, ela carregava um mundo de intensidade...

E assim, a cada semana ela trazia um novo tom. Um rosa pálido, um azul tranqüilo, um verde discreto que queria florescer.

De repente um vermelho desespero criou uma chance de aproximação. Eu deveria fazer uma escolha. Me ausentar e me proteger ou acolhe-la e correr todos os riscos que se corre ao se abrir a porta a um desconhecido.

E a desconhecida discreta então foi se vestindo com todas as cores do arco-íris. Essa amizade nasceu aos poucos, com muito cuidado, de ambas as partes. Ela consegue ser tão desconfiada quanto eu. Ela também precisa de um tempo pra abrir as portas a uma nova amizade. Hoje, só posso sentir gratidão por termos nos dado esse tempo.

Então...uns 3 ou 4 meses depois de conhece-la, lá estava eu, saindo da internet as 4 da manha com o doce sabor de ter tido uma conversa com uma amiga, uma nova amiga, que ouviu meus dilemas e soube me trazer paz e esperança. Ela não me disse que meu problema “não era nada”. Ela não tentou me iludir. Mas ela me fez sentir que eu não estava sozinha.

E então... diversão, porque nem tudo é problema. Risos. Aventuras. Um ou outro segredo. Ligação. Conexão inexplicável. Companhia apreciada.

Diferenças também. Ela vive em um mundo a parte, em que não depende de aprovações. Ela faz o que acha certo, independente dos custos e conseqüências. Eu nem sempre concordo com ela. Eu sou definitivamente mais diplomática. Eu acho que sofro menos. Ela tem uma intensidade multicolorida. Ela sofre de sinceridade crônica. Eu as vezes erro tentando faze-la mais parecida comigo, ao mesmo tempo em que não quero de jeito nenhum que ela perca essa forma tão “honesta a qualquer custo” de ser.

Amizade que não se paga. Se aceita e se retribui. Dias felizes de se sentir “em casa” quando ela está por perto.

Um viagem de cumplicidade, carinho e doses aceitáveis de tiraçao de sarro. =)

E então... ela teve que ir para longe. E eu, esgoista, me pego melancólica pensando em mim. Em como serão os dias sem essa presença.
Nem lembro que ela, desconfiada que só, receosa com o desconhecido como é, parte para um mundo todo novo, todo branco. Um momento mágico, mas tenso também. Mas se não me preocupo muito com ela quanto a isso, é porque eu sei que ela vai preencher os vazios com seu perfume de doce aroma. Eu sei que ela vai descobrir novas cores, novos gostos, novas estradas.

E eu também sei que mesmo estando longe, ela se fará presente. Um e-mail. Um scrap. Uma conversa como as de antigamente pelo MSN.


Rayanah, minha querida amiga:

Tudo de melhor pra você nesse momento especial. E obrigada por tudo que fez por mim. Obrigada por me dar essa sensação gostosa de que não importa onde você esteja, eu tenho uma amiga com quem posso contar.

E volta logo! Onde eu estiver, tem sempre um lugar guardado, te esperando!

Beijos. Beijos mil!!!!!!!!

Sayonara!

3 comentários:

Christian disse...

Lindo... de uma poesia somente conparavel a verdade das suas palavras.

Bjs
CSoG

rayanah{CSoG} disse...

Tavi querida

Eu so posso te agradecer por tudo que escreveu nesse post e agradecer por entender o que e uma pessoa que gosta da outra de verdade, sem segundas intencoes.

Essa amizade so foi possivel porque voce, soube conduzir tudo, soube respeitar minhas dificuldades, meus medos e minhas opinioes, porque voce sempre foi sincera e nunca quis mentir so para se passar por boazinha.

Nunca quis ser minha amiga, as coisas apenas aconteceram naturalemnte, pois nenhuma de nos dependiamos ou precisavamos uma da outra , o que existe entre nos eh verdadeiro.

Eh muito bom ler e ter a certeza de que tudo que esta escrito eh sincero e de coracao.

Tive medo, fiquei insegura e muito sem jeito quando te conheci, a dificuldade foi enorme, mas voce com esse jeito acolhedor soube me transmitir toda a seguranca que eu necessitava naquele momento e depois, sempre me escutou e me ajudou, ate mesmo quando eu nao imaginava que faria algo por mim, gracas a voce eu consegui chegar ate aqui .

Voce eh a minha melhor supresa dentro do BDSM, suas atitudes me fazem te admirar e respeitar mais e mais acada dia, eu continuo achando que vc nao existe...rsrs

Ter sua amizade eh uma honra para mim, pessoas como voce sao joias raras e por isso eu faco questao
de te-la sempre presente em minha vida...longe ou perto, nao importa, o que vale mesmo eh o carinho e respeito que existe entre nos.

Voce fez por mim, quando nem eramos tao proximas, coisas que eu nao esperava nem de um amigo.

Te admiro e respeito e te respeitarei sempre, vc faz por merecer, quem me conhece sabe que nao sou de bajular ninguem e nao diria aqui, nada que realmente nao sinta.

Tenha a certeza de que pode contar comigo em qualquer situacao, quando digo que sou amiga, sou mesmo, independente das conveniencias, saiba que estarei pronta para o que der e vier.

Aaiii...nem estou sabendo o que escrever, adorei tudo que escreveu e fiquei feliz em ver que voce lembra exatamente de como as coisas foram acontecendo, acho que encontrei uma pessoa que tem a mesma memoria que eu, nao esqueceu dos detalhes.


As unicas coisas que eu espero de um amigo e de qualquer pessoa que me ralaciono, voce tem de sobra, a tal da honestidade e o respeito, nem precisava ter todas as suas outras qualidades.

Fique bem e obrigada por tudo!

Desejo a voce o melhor dessa vida, voce merece!

Esse post vai ter troco ok, vou contar a minha visao no meu blog, me aguarde...beijos!!

rayanah{CSoG}

{Deusa}_Kl disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.

tavi