terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Falsa Dominaçao - Os truques mais manjados!



Sem meias palavras...

1- Truque do Orgulho Ninfomaníaco:
Ele a convence de que ela é tão absolutamente sexual que ela, inconscientemente, deseja sim estar na cama com ele e mais algumas meninas. Se ela não sente isso, é porque tudo foi reprimido pela nossa sociedade. Ela na verdade é certamente bissexual. Ele pode “sentir” isso!

2- Truque do Orgulho BDSM:
Ele a convence de que ela é tão absolutamente submissa (ou masoquista, ou as duas coisas), que não há no vocabulário dela a palavra limites. Ela faria tudo porque ela é a mulher mais gostosa e fascinante que ele já provou (e acredite, foram muitas)!

3- Truque da Mulher Especial
Ele a convence de que ela é especial demais e única demais pra ter uma vida comum com direito a marido, filhos, um casamento em comunhão total de bens e um cão labrador.

4- Truque da Irmã Escolhida
Pode ser que ele a faça ir a “caça” pra ele, com a desculpa de que será melhor que a querida irmãzinha de coleira seja alguém que ela escolheu. A verdade provavelmente será que ele anda muito cansado de ficar em sala de chat procurando iniciantes, e que preferiu passar a tarde de sábado no clube, com a esposa, os filhos e o cão labrador que (ele sim) tem!

5- Truque da Proteção:
Pode ser que ele a proíba de qualquer contato com outros Dominadores para protegê-la. Na verdade ele faz isso pra SE PROTEGER. Imagino que a reputação de um Dom assim não seja das melhores... E também há o risco de ela conhecer um homem de verdade e, por comparação, entender os joguinhos de seu Dono.

É importante lembrar que o Truque do Orgulho BDSM tem uma nova aplicação. O Dom que deseja se utilizar de uma masoquista e consegue o que quer muitas vezes a convencendo de ela não é sub... é só masoca... e por isso ele não irá encoleirá-la, porque ela não é mulher de se submeter! Ela é uma mulher selvagem! Por isso ele a levará para o motel, mas não “forçará a barra” tentando oferecer-lhe uma coleira. Ela está “acima” de coleiras.

O Truque da proteção também oferece uma segunda aplicação. Tem também os Doms que proíbem suas subs de freqüentar o meio, dizendo que fazem isso para que elas não se chateiem com as confusões e fofocas que existem. Normalmente enquanto suas subs ficam em casa sendo por eles “protegidas”, eles estão no Dungeon do clube temático de sua preferência, curtindo uma deliciosa noite de cenas BDSM.

Engraçado que um Dominador de verdade nem precisaria dar desculpas pra fazer o que quer...

Tudo isso eu já vi acontecer tantas vezes...
Por essas e por outras que passei a questionar tanto a D/s.

Descobri que tem de tudo. Charlatões e Dominadores. Que os Charlatões as vezes encantam, e as vezes, se encantam e tomam jeito. E que os Dominadores as vezes erram, e as vezes caem em armadilhas da vida, e as vezes até se tornam Charlatões.

E que o importante é saber o que se quer. Quer ser sub? Ótimo.
Espere
Porque um dia chega aquela pessoa especial... Aquela que vai saber te Dominar.

Tudo isso pra dizer que após um longo período em que questionei minha própria submissão, eu descobri que ela existe sim. Mas que está guardada em mim para o momento certo. Não é um sorriso que a fará vir a tona. Não é uma “pegada forte” ou um “olhar penetrante” que a arrancará de mim (sem desmerecer essas duas coisas maravilhosas...rs). Minha submissão é estranha. Vem do mérito. Da força moral. E do cuidado para comigo.

E é um tanto contraditório...

O amor de um homem por uma mulher se confunde. aos olhos de muitos, com submissão.

Mas a verdade é que só quem ama sabe cuidar de uma mulher como se deve. E um homem que sabe cuidar, proteger de verdade, torna algumas de nós completamente dependentes....

Eu sei... eu quero apanhar... eu quero ser humilhada... eu quero ser esquecida e as vezes mal tratata...

Hum rum... Verdade...

Mas por alguém que queira e saiba como cuidar de mim.

E quando eu acho essa combinação em alguém... Pode demorar (eu sou muito desconfiada)... Mas quando eu sinto que achei...

Eu fico de quatro...

E aí, esse cara que soube cuidar de mim, que resistiu aos testes do tempo, do "meio" e da vida, esse sim...

Eu chamo de Dono. Eu beijo o chão em que ele pisa!





13 comentários:

Pépe disse...

Oi pequeninha!

Li e reli esse texto pelo menos umas 3 vezes.
Realmente é um texto forte, coeso, puro e sincero.

Agora, se eu pudesse de alguma forma, resumir ou expressar em uma única palavra tudo que senti ao ler, eu diria... MARAVILHOSO!

Parabéns pelo texto.

Beijos sempre carinhosos
Pépe

MFD_[margoth] disse...

amei, tudo
vi em cada linha, visualizando os fatos
mtos usam dos pontos fracos de um ser humano, e dizem estar "dominando tudo"..rs..rs
Adorei a parte da dominação, humilhação em contrapartida o cuidado
é bom demaisssssss
bjo amore
e parabéns novamente
MFD_[margoth]

Sarinha disse...

Pequena...

Tem textos seus que mostram aquilo que somente uma pessoa que já está aqui há tempos pode perceber.

Fala-se muito em falsos dominadores, mas esquecemos das atitudes ditas "normais" de dominadores "verdadeiros".

O texto foi forte sim, e concordo com muito do que disse. Por essas e outras atitudes eu não acredito na D/s... Vc ainda está mais motivada agora rs...

Tomara que esteja logo com esse cara que a deixe de quatro, aos pés dele.

=)

Beijinhos pequena

Christian disse...

Nem preciso dizer o quanto concordo com você sobre a grande necessidade de o meio levar o BDSM mais a sério pois muitos desses temas nos já temos discutido a algum tempo.

É claro que você, com a sua veia literária conseguiu colocar isso de forma surpreendentemente clara e concisa.

É claro que é importante reconhecer, como também já temos comentado, que existem alguns Tops de grande seriedade, competência, responsabilidade e cuidado com os bottons e aos acertos desses, eu acho que devemos elogiar com a mesma veemência que criticamos os erros de outros, nunca julgando pessoas pois pessoas, como você mesma citou erram mas sendo profundamente sérios com a avaliação dos comportamentos.

Fico também satisfeito de ver que seu texto está tendo grande aceitação o que por si só já demonstra que muitas outras pessoas concordam conosco, com a necessidade premente de os Tops cuidarem verdadeiramente de seus bottons e não fazer deles peças descartáveis como temos tido, algumas vezes, a infeliz oportunidade de presenciar.


Mais uma vez parabens!

CSoG

Dara disse...

Tavi, fiquei imprescionada com a sua sensibilidade: é a verdade nua e crua!
Consegui objetivar muitos dos meus medos em relação ao BDSM.
A cada dia que passa te admiro mais e aprendo com vc.
Beijinhos em vc!

tavi disse...

Pépe

Brigada pelo teu apoio, sempre presente! Te adoro!

MFD_[margoth}

Pois é linda, cada um sabe o que quer. Algumas até desejam serem levadas por inverdades. Outras precisam da verdade, do sentimento, e só assim conseguem se entregar. Beijos mil!

Sarinha,

Eu ainda acredito no BDSM sim. Só o acho raro... e cada vez mais raro. Beijos de cereja!!!!

tavi disse...

Christian,

Alguns dos truques citados já são cliches das nossas conversas..rs.

beijos com carinho. saiba que respeito muito os Doms que não se ultilizam desses truques. E você está entre os raros que não "cometem" esse tipo de coisa... rs.

Dara,

Infelizmente essas coisas acontecem. Mas nem por isso abandonamos o barco. Continuamos aqui, bem no meio do "meio", rs, orgulhosamente. Talvez um pouco mais seletivas conforme o tempo passa...
Quero vê-la em breve por aqui!!!!!!!!!!!!!!!!!!
beijos

IsisdoEgito disse...

Tavi,
venho pela primeira vez em teu Blog e fiquei feliz por ler teus pensamentos e ideias....

Quanto este texto divino, a unica palavra que posso dar é que apenas quem ama, da forma como voce colocou no texto, é capaz de Dominar, de verdade, pois saberá moldar e cuidar daquilo que lhe é mais precioso, porque o faz precioso tambem...lhe dá forças.
Acredito que Dominar seja pou causa um efeito de retroalimentação, um da brilho e gás para o oturo....Somente assim caminha-se longe.....
Um Dominador (e sua submissa tanmbém deve saber disso), deve reconhecer suas fraquezas e entender que definitivamente o fato de querer dominar alguem, não lhe da status de Deus, e as vezes pode nem dar certo, porque antes da Dominação em si, deve haver a conquista psicologica, um encanto digamos assim, para depois efetivar a Dominação. Pode ate parecer piegas o que escrevo as vezes sobre meu Dono e eu, a maneira como Ele me conduz e me seduz e a minha entrega plena á Ele, mas encaro a nossa parceira da do jeito como citou aqui....
Dominador tem que ter feeling, tem que assumir que gosta de sua escrava, não disfarçar , não fingir, mas mostrar-se, entregar=-se tambem naquilo que faz e pra quem esta a conquistar todos os dias....

Adorei teu blog, voltarei mais vezes.

Beijos carinhosos
{ÍsisdoEgito}JZ

tavi disse...

Isis do Egito,

Muito bem-vinda!
Pois é, pensamos parecido.
Eu sei que em certos momentos da vida as pessoas buscam algo sem tanta ligaçao, conexão. Mas acho que a longo prazo, se nao houver um sentimento mais forte, a D/s perde o sentido... e as vezes o foco. Sei que tem quem pense diferente. Pra mim é assim.
beijos com muito carinho!

ray disse...

Oi tavi!

Nem tenho muito o que comentar, mas precisava registrar minha passagem nessa postagem,soh pq me tocou de verdade, lindo texto, sempre me reconheco em tudo que vc escreve, simplesmente adoro!!

Vc diz que sua submissao eh estranha, nao vejo nada de estranho nela, acho tao normal, acho perfeita e linda.

Muito bom sentir a sinceridade em cada palavra, sem medo de ser feliz e de se assumir do jeitinho que eh .

Te gosto, cada vez mais...beijos!!


branca

naara aprendiz disse...

Nossa...
Minha primeira visita ao seu Blog, fiquei impressionada com tudo que lí, em especial este texto...

Já me deparei também com situações parecidas, e acho interessante como estas se tornam claras apenas após vivenciarmos...

Poderia ser diferente... Lermos, acreditarmos, e nos protegermos disso... rsrss mas.... Experiência é isso né? tentarmos para ver o grau de acerto ou erro... rsrs

Suas palavras bateram forte!
Parabéns tavi!

beijos
naara aprendiz_{DL}

Anônimo disse...

Obrigada e Parabéns, Tavi!
Obrigada pq, primeira vez no seu blog, madrugada de um novo ano, ganhei um presente: Vi todos meus sentimentos em relação aos “adeptos” BDSM (subs e Doms) serem revelados. No seu post Cartinha pro Papai Noel, e aqui, você mostrou o retrato de nossa realidade.
E Parabéns pq, pelo que vi de suas fotos, você é jovem e bonita, sendo assim, “prato sempre aceito”; nunca sentiu a rejeição e frieza que sofrem as não tão jovens nem belas, então, sua sensibilidade é de alma; sua beleza não é apenas física, és um ser humano superior em todos sentidos!
-Não a conheço e sei que, dificilmente isso ocorrera porem, estarei torcendo para que continue sendo essa pessoa iluminada, e que nada, nem ninguém consigam destruir sua essência.
E, retribuindo, um presente/poema de Úrsula A. Vairo Maia que “parece ter sido feito pra você”

Ainda há um fio aquoso e tênue de esperança
Gotejando em mim a água da bem-aventurança
Anjos dançam ao meu redor
Querem me ensinar o que é o amor
Não falo de pele, de sentimento carnal
Falo de rios de águas vivas
Que fluem da fonte límpida de puro cristal
Sentimento espiritual
Não me refiro, pois, ao amor entre iguais
Ou entre um homem e uma mulher
Falo da pétala aromática do bem-me-quer
Da flor que não murcha jamais
Que o mal-me-quer invejou
E não quer mais

Uma escrava submissa

artedeoferecer disse...

Primeira vez que entro no seu blog e me identifiquei totalmente com o esse post.
Sou iniciante e não freqüento o meio, mas percebo claramente essas armadilhas em conversas que tenho tido.

Voltarei ao seu blog.
Parabéns
Beijos
Violeta

tavi