domingo, 5 de abril de 2009

CONFLITO

Queria entender, Senhor, e não entendo,
essa dualidade em mim que me faz estranha....

Te quero inteiro, digno, honesto e quero que me abraces outra vez essa noite, como na noite passada. Quero ouvir e ler palavras doces. Quero teu amor por mim, forte e intenso como tem sido. Te quero verdadeiro e limpo. E quero ver em ti as maiores virtudes, como tenho visto. Quero ter orgulho ao dizer teu nome e poder citá-lo como meu melhor amigo. Quero confiar em ti e saber que sou pra ti especial e insubstituível. Quero colo e ombro. Quero paz e abrigo.

Mas tem essa outra mulher em mim.... E ela grita...

Quero que me assaltes com o maior insulto. Quero ser traída e ridicularizada. Quero derramar lágrimas no travesseiro enquanto dormes tranquilo após ter me usado. Quero te odiar por um segundo amargo. Quero achar numa gaveta uma carta de amor que não me pertença. Quero uma rival a minha altura e que me mereça! Quero temer perde-lo e por isso perder o sono. E não saber se me amas tanto.... Duvidar e ainda assim deitar a teu lado. Quero que me jures que trabalhou a noite inteira, e depois me faças sentir o gosto dela no teu corpo rigido, forçado em minha boca. Quero amar como louca. E sofrer como a mais pura criatura.

Não sei qual parte de mim planeja e qual fantasia.
Entrego a ti esse conflito...
Para que o use... com sabedoria.

2 comentários:

SENHOR ÁSGARÐ disse...

Minha menina linda!

Refleti muito ao ler e reler esse teu texto.
Um texto forte, intenso, de entrega e, por que não dizer, de medo e insegurança.

Sim, medo e insegurança por não saber o que virá.
Por ter ciência de que você não está mais no controle.
Por se ver muitas vezes perdida e se sentindo frágil e "pequena".

Você se conflita entre ser a preferida e a esquecida.
Entre ser amada e ultrajada.
Entre sentir orgulho e ódio.

Não tema meu amor. Apenas se entregue e confie.
Esteja certa de que eu, com todo o discernimento que tenho, saberei conduzi-la de tal forma que você sempre se sentirá confortada e amparada.
Estarei sempre contigo, em todos os teus momentos, sejam eles alegres, tristes, de prazer ou de angústia.

Quanto ao teu conflito...
É bom que ele exista, pois te faz sentir viva.


Um beijo do teu DONO que a ama cada vez mais
SENHOR ÁSGARÐ

{diva_elfa}AL disse...

Vc sempre consegue expressar tão profundamente o que muitas vezes fica aqui guardado no fundo da minha alma.

adoro ler vc tavi

beijos carinhosos!

tavi